JOAQUIN ORELLANA

Joaquin Orellana (1937 – Guatemala)

joaquin-orellana

Tive a oportunidade de conhecer o compositor Joaquin Orellana em setembro de 1987, durante o primeiro FLAAC (Festival Latino Americano de Arte e Cultura), evento realizado em Brasília no qual compareceram mais de 2.500 pessoas das áreas de dança, teatro, música, literatura, fotografia, cinema, vídeo e artes plásticas.

Na ocasião não foi possível ver de perto os seus instrumentos, já que ele não teve como trazer da Guatemala os objetos sonoros, limitando-se a apresentar seu trabalho de forma expositiva.
Guardei então uma fotocópia da publicação Joaquin Orellana – Recuento de una labor (1982), que foi o primeiro e potencial contato com a sua rica obra. Posteriormente, já na década de 1990, encontrei as primeiras referências ao seu trabalho disponíveis através da internet, mas que ainda não eram tão substanciais quanto o novo site que foi organizado pelo C.R.E.A – Movimiento Arte | Cultura e pelo Ministerio de Cultura y Deportes:

http://joaquinorellana.org/

Uma das influências de Orellana pode ser constatada no trabalho que desenvolvi e elaborei no período entre 1990 e 1992, – a partir do conceito da “Sonarimba”, que me ajudou a desenvolver o módulo de relações intervalares no âmbito de uma oitava a partir do Dó5, abrangendo todos os intervalos da gama cromática. Este material foi destinado ao uso nos cursos de educação musical.

joaquin-orellana_sonarimba-400

(CLIQUE NAS IMAGENS PARA VER EM MAIOR RESOLUÇÃO)

joaquin-orellana_ciclo-im

joaquin-orellana_bazookimba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *